‘Junta da Galiza destrói o património nacional galego na Necrópole da Mourela, nas Pontes’

81

Segundo acaba de denunciar a “Plataforma na Defensa do Patrimonio das Pontes”, a CPTOPV (Conselharia da Política Territorial, Obras Públicas e Vivenda) está nestes momentos a destruir o patrimínio megalítico presente na Necrópole pré-histórica da Mourela, para a construçom da estrada AG-64 que une Ferrol e Vilalva.
Estes factos gravíssimos, de serem confirmados, viriam a supor um salto qualitativo na política do actual governo bipartido à frente da Junta, ao agredir directa e impunemente o património nacional de todos os galegos e galegas, um património único do nosso passado megalítico, sobre cuja existência o referido colectivo pontês tem advertido repetidamente nos últimos anos.
Em nengum caso pode justificar-se a destruiçom do património histórico e cultural de um povo, mas é ainda mais injustificável que semelhante agressom seja feita polas próprias instituiçons públicas que devem salvaguardá-lo. Sobretodo se o motivo é a construçom de umha estrada para cujo traçado existiam alternativas viáveis, como a construçom de um simples túnel proposta por “SOS Círculo Lítico da Mourela”, que permitiram pôr em valor o conjunto arqueológico.
Enquanto noutros países com património semelhante se realizam planos de conservaçom e estudo para a sua transmissom às geraçons vindouras, na Galiza, as instituiçons autonómicas desprezam a nossa história, dando prioridade a um progresso mal entendido que nos reduzirá a um ermo sem mais identidade que a queira atribuir-nos a manipuladora historiografia espanhola.
PSOE e BNG estám a assumir umha grave responsabilidade com a decisom de fazer desaparecer o Círculo Lítico da Mourela. É preciso denunciarmos alto e claro essa responsabilidade, incluídas as acçons penais a que puder dar lugar a acçom das máquinas que, ao que todo indica, estám a destruir um pedaço do nosso património nacional.
Assembleia Comarcal de NÓS-Unidade Popular em Trasancos

Consegue en tempo real avisos de novos artigos no teu dispositivo, subscribete agora.

También podría gustarte
Comentarios